Informações culturais

Por que aprender inglês desde cedo?

A Fisk Vila Formosa oferece curso de inglês para crianças a partir de 3 anos.
Muitos pais se perguntam : uma segunda língua não vai atrapalhar a alfabetização do meu filho?
Leiam este artigo e descubram a resposta.
Não deixem de assistir também a um vídeo muito interessante sobre o assunto: www.youtube.com/watch?v=PFDltYZXVLc

            Alguns estudos realizados recentemente por pesquisadores da área de linguística demonstram que quanto mais cedo se começa o aprendizado de um novo idioma, mais efetiva será a comunicação da pessoa neste idioma futuramente.

            Segundo Schutz (2004) existe uma idade crítica (por volta dos 12 anos); tempo em que fica mais difícil para a pessoa aprender uma nova língua, principalmente no que diz respeito à pronúncia.

            Isso acontece, porque existem vários fatores que influenciam o aprendizado de uma língua: fatores biológicos, cognitivos, afetivos, ambientais e input linguísticos.

            Os fatores biológicos, primeiros a serem levados em consideração, envolvem o cérebro, o aparelho fonador e auditivo e o aparelho articulatório. No que diz respeito ao cérebro, a neurociência revela que existem dois hemisférios cerebrais. O direito é responsável pela criatividade, emoção e percepção do indivíduo e o esquerdo é responsável pelo raciocínio lógico e prático da pessoa.

            Até os 12 anos de idade, estes hemisférios estão interligados e isso facilita o aprendizado de uma nova língua. Entre os 12 e os 14 anos, essa interligação é interrompida e esta segmentação faz com que o aprendizado do novo idioma não aconteça de maneira tão natural, pois dificulta o processamento de novas experiências.

            Além disso, o aparelho articulatório da criança pequena apresenta uma flexibilidade muscular infinitamente maior possibilitando a pronúncia correta de novos sons com muito mais facilidade.

            Schutz afirma ainda que ao aprender um segundo idioma desde muito cedo, a criança tem a possibilidade de expandir sua matriz fonológica, podendo assim, adquirir um amplo sistema de fonemas da língua estrangeira com a qual tem contato constante. Após os 12 anos isto fica mais difícil, pois, por ter sua matriz fonológica sedimentada, a pessoa produz com perfeição apenas os fonemas de sua língua materna.

            Além disso, já está provado que a aquisição da fala e a descoberta do mundo acontecem paralelamente. Os conceitos aprendidos pelas crianças se associam diretamente às estruturas neurais do cérebro responsáveis pelas formas da língua. Assim as crianças aprendem conceitos e já relacionam diretamente com as formas linguísticas com as quais estão em contato. Quanto mais tarde entram em contato com um novo idioma, mais conceitos ela já terá formado apenas de sua língua materna; conceitos de estruturas linguísticas que são completamente diferentes da nova língua aprendida; assim, fica muito mais difícil se estabelecer uma relação. É por isso que quando uma pessoa aprende um novo idioma mais tarde, sente aquela sensação de: “porque esta língua é tão diferente da minha”?

            Fatores psicológicos e afetivos também influenciam diretamente no processo de aquisição de uma língua. Krashen (1982) afirma que existe um filtro afetivo que nada mais é do que um processo interno de aquisição linguística que seleciona subconscientemente o input baseando-se em fatores de ordem psicológica e afetiva, os quais podem causar um impacto direto no aprendizado. Estes fatores são, por exemplo, a motivação ou desmotivação, perfeccionismo, autoconsciência, ansiedade, necessidades, atitudes e estados emocionais do indivíduo. Assim, o crescimento linguístico acontece na medida em que acontece a compreensão de formas novas cujo processo ocorre em conjunção com uma série de outros fatores de ordem emocional, cultural e social.

            Por fim, não se deve deixar de mencionar os fatores ambientais que também influenciam o aprendizado. O ambiente deve proporcionar situações reais de aprendizado, pois as crianças se prendem muito mais à mensagem e ao uso da língua nestas situações.

            Castro, baseado nos estudos de Vygotsky afirma que diferentemente do que se pensava antigamente, o aprendizado de uma nova língua antes e durante o período de alfabetização de uma criança em sua língua materna, não atrapalha, mas ao contrário, ajuda neste processo pois a aquisição de uma segunda língua nesta época favorece a percepção metalinguística da língua materna. Assim o desenvolvimento tanto do pensamento quanto da linguagem da criança é estimulado.

            Deve-se pensar ainda que hoje em dia as crianças têm as mais variadas oportunidades de estar em contato com diferentes culturas, seja por meio da internet, seja por meio de colegas estrangeiros ou até mesmo através de viagens que fazem com a família. Isto desperta na criança a curiosidade natural de aprender sobre novas culturas fazendo com que ela tenha a capacidade de ter uma visão mais globalizada do mundo e um amplo conhecimento cultural.

            Para finalizar, pode-se afirmar que o aprendizado de um segundo idioma proporciona uma maior oportunidade para a criança atuar com mais segurança em um mundo globalizado. A aquisição de uma segunda língua de maneira natural desenvolve na criança as habilidades cognitivas. Uma criança bilíngue se torna muito mais criativa, pois, aprende que existem diferentes maneiras de se expressar ou de descrever um evento.

(Conversando com pais educadores – Fernanda Sá Granja – Prof. Inglês Ed. Infantil e Fundamental I)

Anúncios

Um comentário em “Por que aprender inglês desde cedo?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s